terra2.jpg

com os pés na terra,
com o  olhar na paisagem

logos.png
Ativo 7_2x.png

+

APOIO:

DAU_UFPR.png
PPU.png
ABAP.png

No programa público "Se eu enfiasse os pés na terra: relação entre humanos e plantas", do Museu Paranaense, o Observatório do Espaço Público propõe que os participantes registrem sua relação com a vegetação através da fotografia.

2 SOLTA.jpg

PALESTRA
30 de Abril | 14h30 - 15h30
no Museu Paranaense


com Alessandro Filla Rosaneli e Mario Henrique F. Pavanelli

4SAL_2015 (2).JPG

CAMINHADA
EXPLORATÓRIA

30 de Abril | 15h30 - 17h30
Saindo do Museu Paranaense


venha fotografar com a gente!

2018-09-26 05.37.07 1.png

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA
28 de Maio
no Site do OEP

 

O que inspira a construção desse evento em nível estadual é a compreensão de que paisagem e vegetação são assuntos de extrema relevância nos dias de hoje. A paisagem é uma forma de habitar o mundo e ela nos une, enquanto seres humanos, ao espaço. Contudo, a sociedade brasileira não tem reconhecido toda a sua potencialidade para explicar quem somos e quem queremos ser. A ausência da vegetação em nossas cidades é um sinal evidente dessa desconexão. Nesse momento de mudanças climáticas, torna-se imperativo que nossa relação com as plantas seja cada vez mais resgatada e reforçada.

 

Sendo o olhar um modo de ver com atenção, a exposição “Com os pés na terra, com o olhar na paisagem”, abre a possibilidade para que essa conexão entre nós e as plantas seja eternizada em fotografias, que evidenciem as múltiplas formas dessa aproximação.

 

As fotografias podem ser feitas em qualquer lugar dentro do Estado do Paraná, e a participação será aberta a qualquer pessoa com mais de 18 anos, que possua qualquer tipo de equipamento fotográfico digital, incluindo celular.

Os participantes serão convidados a refletir sobre as seguintes categorias:

1.     Olhar de cima: a altura que permite uma percepção inusitada.

2.     Olhar de baixo: a posição que revela uma certa reverência.

3.     Olhar de longe: a visão panorâmica que compõe um todo coerente.

4.     Olhar de perto: a aproximação que nos faz observar detalhes.

5.     Olhar em movimento: quando a vista capta a dinâmica do momento.

Essas categorias podem se combinar, mas a fotografia deverá destacar somente o aspecto que mais inspirou o olhar. Todo tipo de técnica fotográfica será aceito, como forma de respeitar qualquer olhar criativo.

Serão proibidas fotografias que exponham:

1.     Qualquer parte do(s) corpo(s) humano(s);

2.     Qualquer tipo de conotação política, religiosa e/ou comercial;

3.     Qualquer conteúdo sensível contrário ao tema dessa exposição;

Em breve, uma série de vídeos explicativos sobre fotografia, vegetação, e paisagem estarão disponíveis nesta página. É só assistir, inspirar-se e fotografar!

Sua fotografia poderá participar da exposição virtual "Com os pés na terra, com o olhar na paisagem", que será divulgada no dia 28 de maio, no site do OEP.

Até lá, nos vemos na
palestra e na caminhada exploratória, que ocorrerão no dia 30 de abril, no Museu Paranaense. 

A caminhada exploratória é um percurso fotográfico com o objetivo de aguçar os sentidos para o elemento vegetal no cotidiano da cidade. Procura instigar o olhar para a presença da vegetação e a sua contribuição, nem sempre harmônica, para a relação urbano e a natureza. Percorrendo o centro de Curitiba, serão destacadas situações que estimulem o ato consciente de “ver” o espaço e a natureza que nos cerca.

A palestra
"Espaços públicos e arborização: planejando um futuro urbano mais verde" trata de compreender a biodiversidade como indispensável na busca de soluções sustentáveis para o meio urbano. Para isso, o papel dos espaços públicos é fundamental. Nele, a vida urbana se manifesta intensamente e o contato com a vegetação permite múltiplos benefícios às pessoas, como apoiar e qualificar o lazer e o deslocamento, ao mesmo tempo em que auxilia no combate à poluição e às mudanças climáticas. O planejamento ambiental das cidades deve unir o cuidado com a arborização e a criação de espaços mais saudáveis permitindo que a vida urbana possa ocorrer em maior harmonia com o meio ambiente.

CURADORIA
Alessandro Filla Rosaneli

EQUIPE 
Mario Henrique Felgueira Pavanelli
Ana Claudia Malgaresi Adamante
Felipe Bernardo Ferreira
Ewerton Lemos Gomes
Beatriz Fófano Chudzij
Maria Luiza Dias Ballarotti

CONSELHO CONSULTIVO

GALERIA DE VÍDEOS

CONTATO
oep@ufpr.br

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn - Black Circle
Logo_cabe%C3%A7alho_edited.png